sábado, 8 de setembro de 2007

SE VOCÊ PARAR DE ESCREVER...MINHA POETISA

Beija flor perde a cor
Sal perde sabor
Meu Sol, o teu calor
Em nosso Doce Recanto
Perdi meu amor

Para não...
Tens poesia palpitante n’alma
Emana espontânea, intuição
Capta momentos fugazes,
Sentimentos, dissabores, melancolia
paixão

A produzir essas obras de arte
Que belamente esculpi d’alma,
Dos recantos do coração
És chafariz generoso de inspiração

Tua escrita é oceano,
mar de miríades de encantos
A deriva ,
Me afogo e salvo-me nela
Uma e muitas vezes


E mais outros tantos...






davicartes@gmail.com

Um comentário:

Teresa disse...

lindos todos os teus poemas...

abraços