sexta-feira, 11 de junho de 2010

Teu olhar





Teu olhar
ouro doce de luar
mar manso
eterno remanso
meu deleite
na continuação de amar

teu olhar
sopro doce de luar
derrames de ternura
no conchego
de uma estrela meiga
acolhedora

teu olhar
beijo doce de luar
cativas a vislumbrar o teu mel
em cálice de cílios

a debater-se submisso
na tua leveza
em fim aquietam-se
minhas fúrias, as tormentas
meus delírios

teu olhar
mar doce de luar
lacrimejando a paz macia
do verbo amar



by  DAVI CARTES ALVES


Foto - Fiorella Mattheis
Revista Vip

Um comentário:

Thays disse...

Lindo texto, lindíssimo! Parabéns!