domingo, 22 de agosto de 2010

Ventos Doridos



Exorciza d’alma
esses ventos doridos
deixe o céu dos meus olhos
pois pro amor
teu colírio
é um suave pássaro
 em chamas
é um sopro ríspido na retina
de areia marinada



by  DAVI CARTES ALVES

Um comentário:

Carolina Hermanas disse...

UAU, é você quem escreve esses belos poemas? Sabe,sou fascinada por eles *___*
Muito lindo!

-

AAH, e respondendo a sua pergunta,eu existo ok?AHAHAHAH,confesso ser totalmente sonhadora com o senitmento amor,porém eu sofro,grito e outras coisas que pessoas da 'realidade' fazem também (:


beeeeijão!