domingo, 3 de outubro de 2010

Rosas d'alma



Maviosa é a tarde
aquietando-se no fim do dia,
despiu-se
para vestir-se
de suave crepúsculo,
e banhar-se na noite

na sala,
brisa beija a samambaia
no copo d’água
cai outra pétala
da rosa chorosa

a arder numa solidão
de tintas tão belas,
quanto dolorosa.



 DAVI CARTES ALVES





2 comentários:

Anchieta disse...

Rosa dolosa. Belíssima poesia!

Anônimo disse...

Вот еще немного ссылок на тему, как похудеть.
Похудеть http://tylerleonard.t35.com/