domingo, 1 de maio de 2011

Matinal





" Um bule esmaltado
             fareja as manhãs "


Um comentário:

Thays disse...

Poema peculiar de domingo de manhã... Se meu sono me permitisse escrever tão cedo talvez não tivesse sua sutileza de humor...rs Bjs